Pular para o conteúdo principal

CNPJ Para Ótica


Todos os negócios e ramos de atividade estão sob formalidades e legislações específicas. Para a ótica não é diferente, então, fique ligado nos parâmetros legais necessários de serem observados antes e durante o funcionamento da sua ótica. 

CNPJ


Para que uma empresa possa existir diante da lei e do mercado, é necessário que esta tenha um CNPJ.

CNPJ é a sigla representativa do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica. Neste documento constam todas as informações referentes à organização: razão social, endereço, situação cadastral da Receita, entre outros dados de interesse da União.

Para emitir um CNPJ, você deve passar por um processo que antecede à abertura de sua empresa:

Contrato Social


abrir um cnpj

Assim como o CNPJ é o "CPF" da empresa, o Contrato Social é a "Certidão de Nascimento". Este documento compõe-se de todas as regras e condições debaixo das quais a sociedade funcionará. No Contrato Social também estão estabelecidos os direitos e deveres de cada sócio da empresa.

Basicamente constam as seguintes informações no Contrato Social:


✔ Proprietários da empresa
✔ Configuração Jurídica e Tributária
✔ Capital Social
✔ Obrigações financeiras dos sócios

Após emitido o Contrato Social, este deve ser registrado na Junta Comercial e assinado pelos sócios na presença de duas testemunhas. 
Depois de pronto o Contrato Social, basta juntar os demais documentos para que na Junta Comercial, possa dar início ao processo de emissão do CNPJ. Os seguintes documentos são necessários:
✔ Documento de identidade dos sócios (original e cópia) + CPF ou Carteira de Habilitação;
✔ Comprovante de Residência;
✔ Carnê de IPTU do local onde a empresa será instalada;
✔ Contrato Social;
✔ Comprovante de pagamento das taxas DARE e DARF.

UFA! Contrato Social assinado e CNPJ em mãos, agora é só juntar a seguinte documentação e abrir sua ótica:

  • CNPJ;
  • Cópia autenticada do RG e CPF;
  • Folha espelho do IRPF (Imposto de Renda De Pessoa Física);
  • IPTU do imóvel;
  • Cópia do Contrato de Locação ou Compra e Venda do imóvel onde funcionará o negócio;
  • Alvará de funcionamento (emitido pela Prefeitura local);
  • Entre outros documentos específicos da cidade.
Claro que para todo esse processo você pode contar com a ajuda de um profissional da contabilidade, o que irá facilitar todo o serviço. 

Agora é só pôr a mão na massa! Com um bom fornecedor, planejamento e organização, sua ótica será um sucesso! 

Gostou? Comente aqui em baixo o que você achou da matéria! 

Comentários

Mais Populares

Onde comprar óculos no atacado?

Como oferecer atendimento de qualidade para seu cliente?

5 dicas para alavancar as vendas e fidelizar os clientes da sua ótica!